WRC – Previsão Rally de Catalunya

WRC – Previsão Rally de Catalunya

por Rafael Neves

Em ano de despedida do Rally de Catalunya (pelo menos para já), que vai sair do calendário do WRC, pode ser neste mesmo evento que se decide o campeonato de pilotos e se faz história, com a primeira vitória não francesa dos últimos 15 anos.

No ano passado, o contexto era bem diferente. Neuville liderava a classificação, com Ogier e Tanak na perseguição. Infelizmente para o belga, a prova não lhe correu de feição e foi o início do fim das suas aspirações de finalmente ganhar um campeonato. Tanak, que tinha começado o rali a liderar e num nível acima dos restantes, acabou por ser também vítima do azar e deixar caminho aberto para Ogier conseguir revalidar o título.

Este ano, muita coisa mudou, e agora só algo de muito estranho poderá retirar o título a Tanak. O estónio da Toyota tem nesta altura 28 pontos de vantagem para Ogier e 41 para Neuville, o que significa que o 1º lugar (ou qualquer resultado que lhe permita ganhar mais de 2 pontos à concorrência – o máximo de pontos a ganhar num evento, com classificação final + power stage é de 30) lhe garante desde já direito a celebrar o título de campeão do mundo, e ir para o último evento do campeonato, na Austrália, sem qualquer tipo de pressão.

No campeonato de construtores, com Toyota e Hyundai separadas por apenas 8 pontos, será de esperar que tudo se decida apenas no último evento da temporada, embora um bom resultado aqui possa desde logo permitir uma gestão diferente na Austrália.

Para este evento, a nível de alinhamento, apenas a Hyundai apresenta alterações, como costume, com Mikkelsen e Breen a saírem de cena para a entrada do local Dani Sordo e do vencedor do ano passado e eneacampeão do mundo (sempre ao volante de um Citroen), Seb Loeb.

A despedida do Rally de Catalunya tem tudo para ser histórica e em grande. Siga!

Leave a Reply

Your email address will not be published.